Sistema de Soluções Integrado para Gestão da Educação.


Categoria: Medicina do Trabalho
Em 03/12/2015 Medsystem Publicou
software medicina ocupacional sistema para medicina e segurança do trabalho
No Japão, empresas ja começam a monitorar estresse de seus funcionários
 
 
As empresas japonesas com mais de 50 empregados começarão a controlar o nível de estresse de seus trabalhadores uma vez ao ano, A medida foi promovida pelo governo japonês para prevenir desordens mentais entre os trabalhadores do país asiático, que registrou um aumento no número de assalariados que adoecem por causa do estresse laboral.
 
Os funcionários das empresas japonesas deverão preencher anualmente um questionário sobre o ambiente e as relações no centro de trabalho, assim como detalhar mudanças em suas condições físicas e mentais.
Os empregados cujos resultados indicarem “estresse elevado” serão encaminhados a médicos, que concluirão se a companhia deverá reduzir sua carga laboral ou transferi-lo a outro departamento, detalhou a emissora NHK. Segundo dados do Ministério da Saúde japonês, cerca de metade dos trabalhadores do Japão se queixam de sofrer de “ansiedade e estresse” relacionados ao emprego.
 
Um porta-voz do Ministério, Katsutoshi Tsukamoto, destacou que existe a “necessidade” de atender à saúde mental dos trabalhadores do Japão, país de 130 milhões de habitantes onde apenas 500 receberam benefícios por depressão ou desordens mentais no primeiro trimestre de 2015.Para ele, o acompanhamento do estresse no ambiente de trabalho ajudará a prevenir transtornos mentais e melhorará o ambiente nos escritórios e fábricas do país.
 
Os altos níveis de estresse entre os trabalhadores são um problema de saúde pública não só no Japão, mas também em outras partes do mundo, como Europa ou Estados Unidos. O estresse é o segundo problema de saúde mais frequente relacionado ao trabalho na Europa, e tem um custo para a economia estimado em 136 bilhões de euros (cerca de R$ 550 bilhões) ao ano, e um terço dos trabalhadores americanos sofrem de quadros de estresse crônico no trabalho.
 
 
Fonte: spmt.org.br acessado em 03/12/2015

Voltar

   Empresas       Contato       Comercial       Catálago            

When you look at a Rolex Submariner's dial closeup, you'll notice that the lume is evenly applied, and that everything is cut very well. Even though the Rolex Submariner replica watches is a tool watch at heart, Rolex replica watches sale knows it is a luxury item today. So there are little things here and there meant for looks more than function. A good example is the sapphire crystal. Rolex replica watches sale applies a coat of AR on the bottom of the crystal, but not on the top. This allows for the top of the crystal to be reflective and sort of makes it more shiny to onlookers. This is arguably a design decision by Rolex replica watches sale to make their products stand out more. It works too. The Rolex Submariner replica watches sale case has changed very little over the years, but each improvement is welcome. The current size of the Rolex Submariner swiss replica watches is 40mm wide, but it wears large for that size. This is because of the lug structure. I would say that the piece wears closer to a 42mm wide watch.